Dia do técnico e auxiliar em enfermagem é marcado por protesto

Ato reuniu profissionais com cartazes e cruzes em frente ao HUT

Hoje, 20 de maio, é o dia nacional do técnico e auxiliar em enfermagem e para marcar a data, profissionais da capital se reuniram em frente ao Hospital de Urgência de Teresina-HUT e protestaram por condições adequadas de trabalho. Na ocasião, a categoria voltou a denunciar a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e sobrecarga de trabalho nas unidades de saúde do município.


O ato reuniu profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19. Até agora, no Piauí, 73 profissionais da enfermagem foram diagnosticados com a doença e 50 estão isolados sob suspeita.


Respeitando a distância de dois metros, os manifestantes carregavam cartazes com cruzes em referência as mortes provocadas pelo novo coronavírus. Eles ainda fizeram homenagens para profissionais da saúde infectados em razão da doença.


Segundo o presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado- SENATEPI, Erick Riccely, o ato foi pensados pelos próprios servidores e recebeu o apoio do sindicato. ” É mais um pedido de socorro da categoria, precisamos de mais equipamentos para proteção. A cada dia cresce o número de colegas infectados”, disse Erick.