SENATEPI volta a flagrar uso coletivo de aventais no HUT

O número de Equipamentos de Proteção Individual- EPIs disponibilizados para os profissionais de saúde continua insuficiente. Nesta terça-feira (21), o Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado do Piauí- SENATEPI voltou a flagrar o compartilhamento de aventais no Hospital de Urgência de Teresina. O problema já havia sido identificado no último dia 13 de abril e na época o sindicato registrou a denuncia e a direção do hospital prometeu resolver a situação.



Para o presidente do SENATEPI, Erick Riccely, não existe a falta de aventais, também conhecidos como capotes, o que está preocupando é a  maneira que eles estão sendo ofertados para os profissionais. “No HUT estão fazendo um racionamento, apesar de ter no estoque, aventais e capotes descartáveis, e  por isso, os plantonistas estão revezando o uso do equipamento no atendimento dos pacientes com suspeita e até casos confirmados de Covid-19”, denuncia Erick. 



A direção do SENATEPI recebeu fotos dos corredores da clínica médica do HUT que mostram suportes com os aventais. “Enfermeiros, técnicos, médicos e fisioterapeutas estão utilizando os mesmos aventais e criando um ambiente de alto risco de contaminação”, esclarece Erick.



Diante desse quadro, o SENATEPI está tomando as providências para barrar a situação de insalubridade que os profissionais estão sujeitos no HUT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *